terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Blog: porquê, para quê, para quem?

A minha amiga Sílvia, que carinhosamente tratamos por Pi, diz-me muitas vezes (mesmo muitas) que não tenho de dar explicações a ninguém. É verdade, não tenho. Mas eu sou assim, gosto de ver tudo preto no branco, sem deixar margens para dúvidas e por isso vou abrir uma excepção e explicar as razões que me levaram a criar este blog.

Primeiro de tudo, o que pretendo com este espaço é chegar a pessoas como eu, ou seja, pessoas com cancro. Se é um linfoma de Hodgkin ou Não-Hodgkin, não interessa. O que eu quero é chegar a elas e ajudar, tal como me ajudaram a mim. No meu caso nem foi preciso ir ao Google, bastou ligar a televisão. Mas isso já é história para o outro (talvez o próximo) post.

Em segundo lugar, desmistificar o cancro. As estatísticas indicam um aumento brutal no número de casos nas próximas décadas, não fosse o cancro a doença do século. E por isso, diminuir esta carga dramática associada à doença impõe-se. A minha experiência diz-me que o cancro só é um drama se quisermos e, principalmente, se deixarmos que ele o seja!

Em terceiro lugar vem a necessidade de documentar esta fase da minha vida e a necessidade de me manter ocupada. Este pequeno monstrinho que carrego no peito resolveu dar o ar da sua graça numa altura crítica da minha vida, a vários níveis. Mas teve especial impacto no meu curso que ficou quase terminado... é que só faltava um bocadinho assim!! Os tratamentos periódicos e a imprevisibilidade do meu estado físico nos dias pós-quimio obrigam-me a não fazer planos. Quem me conhece sabe que eu faço planos para tudo e mais alguma coisa... Dá-me a sensação confortável de ter tudo sob controlo e é meio caminho andado para que se concretizem. Pois bem, agora tenho de viver um dia de cada vez... E se é assim, venha daí um blog para a Gui se entreter!

Por último, o "Linfoma Feito ao Bife" destina-se a todas as pessoas que querem estar informadas sobre o meu estado de saúde mas têm receio de falar comigo, ou porque não sabem o que dizer ou porque não são assim tão próximas ao ponto de me abordarem diretamente, ainda que haja simpatia mútua de ambas as partes. Eventualmente, esta última razão por mim apontada pode soar um pouco estranha mas a verdade é que acontece e acontece todos os dias. E depois há ainda aquelas pessoas de quem gosto e com quem falo abertamente se, pontualmente, me cruzar com elas. Costumam pedir-me para dar notícias, o que (convenhamos) na prática é impossível, por muito que gostasse...

Posto isto, vou pôr mãos à obra e dedicar-me a este cantinho. Habituem-se à informalidade e simplicidade com que me expresso, sou mesmo assim. Pretendo trazer-vos um pouco dos meus dias, que sendo dias de luta não deixam de ser dias felizes! Desengane-se quem pensa que a minha vida gira à volta deste encosto, criteriosamente apelidado de Barrabás por um grupo de amigas especiais (um dia conto aqui este episódio).

Sintam-se à vontade para comentar, colocar questões e partilhar também as vossas perspectivas e testemunhos.
Afinal, como diz a Pi, agora sou uma blogger!

Enjoy :)





27 comentários:

  1. Sabes que o cancro nos apanhou na mesma altura? O meu mestrado estava mesmo no fim... e agora ainda estou a lutar para o terminar :(
    É engraçado que eu também fazia muitos planos, para tudo. Todas as horas do meu dia eram planeadas, tudo tinha de ser tal e qual como eu imaginava... E depois isto. Puxaram-me o tapete e todos os planos desapareceram; se calhar foi uma das razões para eu ter entrado numa depressão. Hoje em dia já faço muitos planos, mas tento não dramatizar tanto tudo - nunca se sabe o dia de amanhã.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a certeza que vais conseguir. Isto e muito mais :)
      Planear de mais é mau mas é necessário planear. São o reflexo das nossas ambições e objetivos. É bom que os tenhamos :) Relativizar é a chave, é isso que tenho aprendido!
      Beijinhos Sofia

      Eliminar
  2. Cá estarei assiduamente para as novidades 😜 Dá-lhe no teclado Gui!!

    Tess

    ResponderEliminar
  3. Sou daquelas que pessoas que quer saber como estás, mas "não são assim tão próximas ao ponto de me abordarem diretamente, ainda que haja simpatia mútua de ambas as partes", por isso fico à espera de novidades!
    GO GUIDA! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (não percebo um boi de escrever aqui ó Gui.. Já me enganei 2 xs :P)
      Sabes quê? Se há alguma coisa que te caracteriza (entre outras mil) é o teu sentido de orientação – chegas sempre a todas as partes com o MEGA Smart – e desde que começaste/começamos com isto tenho para mim a certeza de que o tua orientação não vai falhar, que vamos chegar onde temos que chegar, que no fim vamos sair do Smart esticar as pernas e planificar cada horinha (como tu gostas)
      Nota: se isto fosse o cortejo da queima o teu carro era o vencedor 😎
      Love u*

      Eliminar
    2. Rute, no sítio onde eu sou a dona das palavras tu consegues fazer com que elas me faltem.
      Se isto fosse o cortejo da queima, tu terias um lugar no meu carro onde, como sabes, "só" cabem 4 pessoas. Pararíamos na Portagem (provavelmente em cima de um passeio) para celebrar e continuaríamos juntas pela vida fora lá para os lados de Santa Clara! <3

      Eliminar
  5. Ola margarida.a 5 meses tb me foi diagnosticada a mesma doenca linfoma nao - hodgkin das celulas B no mediastino tou em tratamento e tb sou de felgueiras e " espreitei" o seu blog e ja sou seguidora mto bom.

    ResponderEliminar
  6. Olá margarida ;) somos da mesma cidade, conheço te mas só de vista (característico da nossa cidade eheheh)
    Desejo te tudo de bom e tenho a certeza que tudo vai correr pelo melhor...não conheço muito os mundos dos blogs mas vou ser seguidora!
    Parabéns pelo blogue :)
    Beijinho Angela meira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Angela!
      Eu também te conheço de vista :) Obrigada pelo teu comentário.
      Um beijinho

      Eliminar
  7. Olá amiga da Pi(é assim que te conheço) parece que já te conheço por ouvir a Silvia falar sobre ti.
    Passei aqui só pra te deixar 1beijinho.
    Diana Prata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diana,
      Aposto que ela diz que eu a enervo muito, diz lá! ;)
      Obrigada pelo beijinho. Outro para ti!

      Eliminar
  8. Adoro acompanhar lutas bem sucedidas portanto serei um espetador assíduo...
    Força nessa luta para o "passares a pano".
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Um Grande Beijinho Margarida :)

    ResponderEliminar
  10. então e enquanto não fazemos um dos nossos jantarinhos maravilha, que tal partilhares aqui no teu blog algumas das tuas fantásticas receitas, please!!!ah mas a pensar no pessoal que não tem bimbys:))) beijinhos (vera rua d.sancho I:))

    ResponderEliminar
  11. ola Margarida!Tomei conhecimento da sua história através de uma amiga e fiquei bastante sensibilizada, porque infelizmente já vivi uma situação idêntica com final feliz! Passei para deixar um beijinho de força e reafirmar que em breve esta situação fará parte do passado, tenho a certeza!É acreditar e confiar!!
    Beijinho grande, Eunice Salgado

    ResponderEliminar
  12. Muita Força para ti Margarida :) Vou acompanhar a tua historia com muito gosto, como não acredito em causas perdidas esta será mais uma ganha.
    Um grande beijinho
    Cláudia

    ResponderEliminar
  13. "A minha experiência diz-me que o cancro só é um drama se quisermos e, principalmente, se deixarmos que ele o seja" - nem mais :) Muita força!

    ResponderEliminar