segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Me, Myself and I

Chamo-me Margarida, mais conhecida por Guida ou Gui, e tenho 28 anos. 

Estudo Ciências Farmacêuticas na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, essa bela cidade onde vivi os últimos 10 anos da minha vida.


Por força das circunstâncias, resido neste momento em Felgueiras de onde sou natural.


No dia 2 de Dezembro de 2015 fui diagnosticada, nos HUC, com um Linfoma de Não-Hodgkin das células B do mediastino. 

A 18 de Dezembro iniciei o tratamento, quimioterapia, no Instituto Português de Oncologia do Porto.


18 comentários:

  1. Guida! Desde já felicito pelo teu blog, adorei por muitas outras razões mas em particular por ver aqui uma forma de terapia, quer para ti quer para nós que te acompanhamos... Sim porque seguir te ajudar-nos-à a fazer uma reflexão na nossa própria vida! Só para dizer que nunca desanimes, o desânimo é o melhor alimento para os nossos problemas:-P por isso já sabes;-) aguardo ansiosamente pelo último post deste blog! Estaremos cá para felicitar o teu recomeço a tua vitória!<3
    Mara Jesus

    ResponderEliminar
  2. Olá Chamo-me Anabela. Faz 6 anos em fevereiro que, também eu, estava na mesma situação. Um diagnóstico de Linfoma de Não- HodgKin das células B primitivo no Fígado... Grávida, no segundo trimestre! Hoje estou aqui para te contar aminha história...de sucesso pois claro! Hoje já não te posso acrescentar muito pois já é tarde e tenho o meu milagre, a minha Maria, que nasceu saudável...apenas com um mês e meio de parto antecipado para eu iniciar quimioterapia mais agressiva para matar o "bicho",...que ,como acontecerá contigo "meteu-se com a pessoa errada!!! Força! Vai tudo correr bem! Amanhã, se tiver um tempinho volto a dar notícias! Se me quiseres ouvir pesquisa uma entrevista que dei para uma ràdio local " Anabela, uma história real da vitória na luta contra o cancro..." beijinho e SAÚDE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem... Fiquei arrepiada com a sua história!
      Um diagnóstico difícil como este já por si, a nível psicológico, exige uma força enorme. As suas circunstâncias eram ainda mais especiais e imagino que tenha sido um turbilhão de emoções.
      Fico feliz em saber que superou e em saber que a Maria existe e é com certeza, uma criança abençoada por ter uma pessoa tão corajosa como mãe.
      Obrigada pelo seu comentário.
      Vou pesquisar e ouvir a entrevista da Anabela.
      Um beijinho

      Eliminar
  3. Olá Guida, deite-me agora e nao tive coragem de adormecer sem te enviar um beijinho. Sou de Felgueiras não me conheces mas eu de caras sou ferra e lembro me de ti da escola, seras pouco mais nova que eu. Vou seguir o teu blog hoje o problema é teu amanha é um de nos!!

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Olá Margarida, Bom dia... Sou Dora, vizinha em Felgueiras, esta fase menos boa da tua vida vai ser ultrapassada com muito sucesso. És forte, e estou torcer para que tudo corra bem. Vou seguir-te nesta tua batalha. Beijinhos
    e para toda a família Pai, Mãe, Irmão e Avós... Um abraço gigante cheio energia positiva. neijo

    ResponderEliminar
  6. Gui, adorei a ideia do blogue. Boa sorte e muita força para o tratamento - ainda temos muito de Lisboa e arredores para explorar, e muitas ondas para surfar! ;) bjs grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Manel!
      Que isto passe rápido e que venha o Verão para tratarmos disso :)
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Olá Margarida. Fiquei espantada e adorei a coragem. " Well done". Com tanta força e frontalidade esta vai ser apenas uma história de sucesso para contar às futuras gerações. Beijinhos grande
    Ofélia Ribeiro

    ResponderEliminar
  8. Olá Professora,
    Obrigada pelo apoio.
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
  9. Nunca percas a força e a coragem Margarida,nem deixes de falar o que sentes. A determinação é a maior arma para combater a doença que tens. Quem vai vencer és tu. Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Guidinnha minha menina estive a ler isto tudo e claro, mais uma noite sem sono ,porque me doí saber que sofre por alguma coisa que por mim nem um dedo lhe doía .A Guidinha sabe que e´ minha filha do coração , isso podia ter ido para quem merecesse , mas também lhe digo no que eu poder ajudar esse feito ao bife , vai ficar picado picadinho vai fugir a sete pés. Beijinhos Emilia


    .

    ResponderEliminar
  11. Olá Guida! Depois de ler o teu blog é que percebi o que se passava. Fui - te dar um beijinho no café mas não sabia de nada. .. :-( ÉS uma menina muito especial , querida e forte por isso sei que esse linfoma esta mesmo feito ao bife, meteu se com a mulher errada. Muita força e muita coragem minha querida. Beijinhos do tamanho do mundo para ti , e para os teus pais ,avós e irmão. Anita (música ) e D. Teresinha. Força! !!

    ResponderEliminar