terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Boas notícias!!

Há notícias que caem como mel. Foi o caso das notícias que recebi ontem na consulta com a Dra Ilídia.

Ontem acordei ainda não eram 7 da manhã. Um temporal, com trovoada e tudo, acontecia do lado de lá das janelas do meu quarto e pensei para mim mesma que não seria um bom presságio. Levantei-me com uma neura desgraçada, daquelas que nos levam a tratar os nossos entes queridos do piorio. Ninguém merece aturar-me, a mim e às minhas neuras.

Chegar ao IPO é sempre um tormento. Demoro mais tempo a sair da A3 e a entrar na Circunvalação do que a fazer a A42 toda. Já houve piores dias mas a verdade é que, como sempre, já ia atrasada. Desta vez, quem fez o enorme favor de me acompanhar foi o meu irmão. O primeiro dia de tratamento é muito saturante. É IPO de manhã até à noite.

De máscara posta lá entrei na caótica sala de espera das colheitas. Às 9.30 já estava despachada e sabia que tinha pela frente duas horas de espera até à consulta. Fomos até à cafetaria, para o primeiro café da manhã. Não teve aquele efeito rejuvenescedor tão característico, pelo contrário. Só de pensar nos dias difíceis que me esperavam já sentia náuseas. Li sobre isso e é possível que ocorram náuseas nos dias que precedem a quimio. Não sei se se tratará de algum efeito psicológico, mas pelos vistos acontece e, por momentos, pensei que padecia dele.

Chamaram-me para a consulta e fui encontrar a Dra Ilídia acompanhada de uma jovem médica em formação. Lembrei-me da Bé e de como me orgulho dela por ter conseguido entrar na especialidade de Oncologia como sempre sonhou. É preciso ter estofo e muito amor à camisola!

Levava comigo um CD com as imagens de um exame que tinha feito em Coimbra, uma PET (basicamente é um exame onde nos injetam uma substância radioativa que se vai ligar a zonas do corpo onde existam células com uma taxa metabólica elevada, como é o caso de células tumorais. Assim é possível fazer diagnósticos, controlar a eficácia de uma terapêutica e encontrar metástases). 

Este exame é necessário, bem como o biópsia óssea, para definir o estadiamento da doença. Esta biópsia foi já a Dra Ilídia que realizou (dói "comó carago!") mas a PET foi realizada ainda nos HUC e ficou de ser enviada por correio para o IPO. Como diz a Sofia, deve ter vindo de tartaruga e não pelos CTT, a avaliar pelo tempo que demorou. Demorou tanto tempo que resolvi acionar os meus próprios meios, que é com quem diz, tráfico de influências, e pedi à minha agente secreta que conseguisse o exame para mim sem ter de me dirigir aos HUC e pagar por um exame que é meu por direito. 
No entanto, a Dra Ilídia acionou também os meios dela e ontem já tinha consigo o exame. 
Juntamente com a biópsia, as imagens definem o estadiamento, tipo e duração do tratamento. A equipa médica da Hematologia já tinha reunido e avaliado os exames e decidiram que o estadio do meu cancrozinho é o 2. Cancrozinho não, porque o malvado mede 12 cm. E como tal, no final, vou ter de realizar radioterapia, que é o que se utiliza para massas volumosas e localizadas. Não me agrada, pelos efeitos que traz a longo prazo... mas antes radioterapia que quimioterapia. Sendo assim, há boas notícias! Não são resultantes do tratamento prescrito inicialmente, é mais um ajuste à minha realidade, ou à realidade do Barrabás. 
Não interessa, são notícias maravilhosas! 

Retiraram-me um dos fármacos, o Etoposido. Vou deixar de fazer R-CHOEP para fazer R-CHOP. À primeira vista a diferença não parece ser muita. Mas é. E foi esta diferença que me iluminou e me fez abrir um sorriso de orelha a orelha: a minha quimio passa a ser de um dia e não de três! Para além disso, este medicamento que me retiraram era o causador dos piores efeitos secundários. Aquele medo, irracional, que se tinha apoderado de mim e me fazia questionar "O que me vai trazer de novo este ciclo?" desapareceu, pura e simplesmente, porque a causa também desapareceu. E como uma boa notícia nunca vem só, fiquei a saber que só vou ter de fazer 6 ciclos. Tinham-me dito 8, porque não sabiam, ao certo, o estadiamento.

Li, uma vez, aquela crónica da Marine onde ela conta que uma médica lhe disse "Nós fazemos metade do trabalho. Os outros 50% fazes tu". Receber esta notícia foi como se tivesse atingido esses 50%. Foi como receber uma boa nota num exame, sabendo que a obtive pelo meu esforço e dedicação. A Pi diz que são as correntes de positivismo geradas em torno de mim. Eu cá acho, que no meio do azar que é o cancro, tenho a sorte de ter uma ou duas estrelinhas bem grandes e brilhantes. O que quer que tenha sido, deixou-me radiante. Foi como se me tivessem ligado à ficha e recarregado as energias! :)

Para acabar o dia em beleza (nem parece que estou a falar de um dia passado no IPO), a sala do hospital de dia em que calhei era a sala das camas. Não fosse o IPO um (quase) hospital de luxo, não se faz quimio só em cadeirões, mas em camas também, ah pois! Que bem me soube! Depois de me picarem, montarem o estendal todo para começar a quimio, lá me injetaram um anti-histamínico que ainda não me tinha apercebido que fazia parte da terapêutica. Agora compreendo o sono e a moleza! Adormeci e acordei passado uma hora com a confusão... Tinham derramado um pouco de medicamento de um dos sacos. Foi cortina, foi lençóis, chão, só não caiu em cima de mim, mas também não fazia mal. A enfermeira gritou, literalmente, pelo kit de derramamento e gerou-se um movimento em torno da minha cama que, ao princípio, tive dificuldade em compreender. Mas o perigo está à vista, são medicamentos citostáticos, tóxicos. À enfermeira só lhe faltou tomar banho para eliminar aquelas pinguinhas que lhe caíram no braço. Devo ter assistido aquela movimentação toda só com um olho aberto porque ela comentou, ao colocar novo saco de medicamento, "Tás com uma rabaça!!". E disse-o com a bela pronúncia do Norte.

Posto isto, se acham que neste momento estou a levar a minha tareia quinzenal, desenganem-se. Até vos digo, comi uma bela feijoada à minhota. Eu sei, sou uma gulosa de todo o tamanho. Mas hoje estava destinado ir para o IPO e a minha mãe planeou fazer esta comida bem pesada já que eu não estava por cá. Não tenho enjoos porque estou a fazer dois anti-eméticos, não vá o diabo tecê-las, nem dores de cabeça, nem má disposição. Só uma grande secura da boca (normal), falta de vitalidade/energia e um formigueiro na ponta dos dedos um tanto incomodativo. Mas nem por isso me impediu de espalhar a boa nova! 
E que venham muito mais boas novas para espalhar :D




39 comentários:

  1. É assim mesmo, sempre positiva e com notícias destas era mesmo para comer uma bela feijoada. Havemos de receber mais notícias boas daqui para a frente. Fora Barrabás! Beijinhos baby vamos falando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era isso e uma cabidela de frango oh Carol. Mas para isso espero por ti ;)
      Beijinhos minha querida! Saudades*

      Eliminar
  2. Que bom Margarida!.Já te sigo há algum tempo...Descobri depois que és filha do Carlinhos e da Dadinha. E que filha que eles têm! Hesitei em comentar... Mas depois do desafio.. E agora boas notícias.Teve mesmo que ser. Diria que és de letras. Não das ciências e biologia. Imagina que o que escreves me faz lembrar a tua avó a falar ( a D. Mariazinha) que tão bem conheço. Chamo me Eunice . Esse teu linfoma está condenado.Continua exatamente como és!
    Eunice Carvalho

    ResponderEliminar
  3. Que bom Margarida!.Já te sigo há algum tempo...Descobri depois que és filha do Carlinhos e da Dadinha. E que filha que eles têm! Hesitei em comentar... Mas depois do desafio.. E agora boas notícias.Teve mesmo que ser. Diria que és de letras. Não das ciências e biologia. Imagina que o que escreves me faz lembrar a tua avó a falar ( a D. Mariazinha) que tão bem conheço. Chamo me Eunice . Esse teu linfoma está condenado.Continua exatamente como és!
    Eunice Carvalho

    ResponderEliminar
  4. Óptimas notícias Gui!!! não tarda e estaremos a comemorar o enterro do Barrabás! vai pensando comemoração da família bolinhas :) um beijinho com muita energia positiva

    ResponderEliminar
  5. Tens as estrelinhas todas a torcer por ti Margot!
    Beijinho do tamanho do Mundo!

    ResponderEliminar
  6. Tens as estrelinhas todas a torcer por ti Margot!
    Beijinho do tamanho do Mundo!

    ResponderEliminar
  7. Que ótima notícia Gui!!! Fantástico!! Siga para mais umas etapas para destruir esse maldito!!!
    Muitas energias positivas e muitos beijinhos com muita força!
    Parabéns pelo teu blog! Adoro o! Sou leitora assídua !!! Adoro "ouvir te falar"!
    No "tal dia do lançamento" do livro lá estarei!!
    Diana

    ResponderEliminar
  8. É tão bom saber boas notícias!
    Enquanto lia este texto lembrei-me das crónicas do Miguel Esteves Cardoso em que ele também ia dando conta da doença da mulher, Maria João, que se viu numa luta igual à tua e também ela a venceu. Leste "Como é linda a puta de vida!"? Se não leste, lê, que acho que vais gostar.
    Continuarei a passar por aqui todos os dias e a torcer para que tudo passe muito rápido e, depois do livro publicado (vai ter que haver livro!) te dediques a escrever sobre outros assuntos que, está visto, tens veia para a escrita.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário, vindo da Professora, enche-me de vaidade.
      De facto tenho esse livro, comprei-o faz tempo e nunca o li na íntegra. Penso que será uma boa altura para resgatá-lo da prateleira e devolve-lo à mesinha de cabeceira. Obrigada pela sugestão :)

      Eliminar
  9. Boa minha linda!!! Agora vão ser só coisas boas!!! :-*

    ResponderEliminar
  10. YAY!!! Isso é ótimo :) Oh! Já não te acompanharei numa terça feira, AINDA BEM! Beijinhos

    A agenda já está encomendada!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vens ter comigo na mesma, tomámos café e ficamos à conversa. Queres melhor?
      Beijo e obrigada (vou adorar essa agenda!)

      Eliminar
  11. Que boas notícias querida Margarida!!!! Fica aqui um grande abraço, conto contigo, mas também podes contar comigo para que estejas sempre nos 50%. Acredita. Bjs

    ResponderEliminar
  12. Continua a mandar esses socos certeiros... ;)
    Fico feliz pelas boas novas.

    ResponderEliminar
  13. Boas notícias estas, fiquei muito contente.Sempre acreditei e acredito que vais conseguir.
    Força Guida, continua sempre assim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Margarida,desde que ficastes doente adormeço e acordo a pensar em ti, sabes o quanto és especial para todos nós, olho para ti e aquela menina com um sorriso fácil, super traquina, cheia de caracóis, foi a minha menina das alianças,(como eu gostava de ter sido tua madrinha, mas fui compensada três anos depois com o teu irmão),bem continuando fizestes sempre parte integrante da minha vida. Com muito orgulho fui assistindo ao teu brilhante percurso académico,desportivo,mas o mais importante a jovem educada,culta,boa filha, neta querida e cuidadora, uma preocupada irmã, amiga de todos, um ser humano maravilhoso, assim se gerou esta corrente de boas energias em torno de ti, a Natureza devolve-nos em dobro tudo aquilo que lhe damos. Ontem estava a chegar do Porto quando a tua mãe me ligou a dar estas informações, fiquei feliz, comecei logo a ligar para o Zé Mário,para a minha irmã, para a minha mãe, que começou logo a falar com a voz embargada, apetecia-me abrir a janela e gritar para o mundo o cancro da Margarida está desgraçado. Como desportista sabes que a vida é uma maratona, corrida após corrida vamos conquistando pontos, e só será campeão quem for mais forte e tiver espírito de luta e essa é a tua atitude perante esta adversidade o resultado vai ser triunfante tenho a certeza acreditei desde o primeiro momento, por isso raramente chorei quando confrontada com a tua doença,sempre tive a forte convicção que era grave, mas com um diagnóstico favorável e como te conheço desde que nasceste sabia que a tua atitude seria positiva e lutadora,só choro quando o meu clube de coração(tu sabes qual é) é vencedor e contigo assim será. Aguardo ansiosamente. Rumo à vitória. Bjs.Verinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste e és (bem como toda a tua família) uma constante na minha vida. És a prova de que não é preciso ser sangue do mesmo sangue para se estabelecerem laços fortes e duradouros. Obrigada pelo apoio incondicional. Espero que a derradeira vitória chegue antes que a do teu clube do coração. E conto contigo para organizarmos a festa!
      Beijinhos

      Eliminar
  15. Não sou médica, mas acho que é consensual: 12 cm de maldade numa suprema Bondade não é nada :D
    Força Guida! Dá cabo disso!
    Cidália

    ResponderEliminar
  16. Boa Guida!!! Fiquei feliz pelas novidades. Esta corrente positiva só existe porque és muito querida para todos! Mereces todos os mimos incluindo a bela da feijoada!!! :)
    Esse Barrabás está mesmo feito ao bife! Beijinho ****

    ResponderEliminar
  17. Boa Guida!!! Fiquei feliz pelas novidades. Esta corrente positiva só existe porque és muito querida para todos! Mereces todos os mimos incluindo a bela da feijoada!!! :)
    Esse Barrabás está mesmo feito ao bife! Beijinho ****

    ResponderEliminar
  18. Olá Margarida!
    Só para deixar 1 beijo grande e muita força :-)
    Espero que continues a receber boas noticias e que corra tudo bem.

    Beijinhos
    Ana Isabel

    ResponderEliminar
  19. Olá Guida:)
    Bem, tinha uma serie de posts em atraso, mas já pus a minha leitura em dia, confesso que nestes últimos dias tenho tentado vir dar uma espreitadela mas foi-me impossível fazê-lo!Tenho andado num rebuliço total,problemas com os meus avós,(foi-lhes intentada uma acção de despejo),ando numa aflição para os tentar ajudar até porque a situação não está fácil para o lado deles, sinto me um pouco de pés e mãos atados, depois o mesmo de sempre o trabalho!!Ah! e umas análises ao sangue que abrir que me assustam um pouco, mas nada que não tenha solução. Bem, só para te dizer que no meio destes meus dias atribulados fui me lembrando de ti,espero para a semana tirar um tempinho para te fazer uma visita:) Beijinho grande espero dar-te um pessoalmente para a semana:) Mara Jesus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vem quando quiseres, prometo que deste lado são só boas notícias! :)
      Tens de me contar isso tudo. Espero que tudo se resolva rápido!
      Beijinhos

      Eliminar
  20. Boas energias! Verás que daqui para a frente será sempre a receber boas notícias;-) próxima semana faço visita, tempo não me irá faltar, estou de repouso próximas semanas! Até breve*

    ResponderEliminar
  21. que boa noticia Margarida!!! Confesso que hj estava a ter um dia difícil o gabriel tem feito muitas birras...mas dp de ler este post fikei muito mais animada!!! Tu tens muitas estrelinhas a torcer por ti, muita gente a torcer por ti, e essa força que consegue transformar o negativo em menos negativo e por vezes ate divertido!!! um abracinho bem forte e cheio de energia positiva para ti linda!!!!beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Olá Gui, já há algum tempo que não vinha aqui (o carnaval consome-me :p) mas fico muito feliz com o que li. Beijoca

    ResponderEliminar
  23. Olá Gui, já há algum tempo que não vinha aqui (o carnaval consome-me :p) mas fico muito feliz com o que li. Beijoca

    ResponderEliminar